Projeto CEMEMOR: museu, arquivo documental e biblioteca da medicina

Esse artigo apresenta o estudo de caso do museu da medicina intitulado “Projeto CEMEMOR – Revitalização Espacial e Museológica”. O CEMEMOR – Centro de Memória da Medicina de Minas Gerais (museu da UFMG) possui em seu acervo coleções preciosas e uma biblioteca de livros raros. Com base nas demandas técnicas e dos usuários, seguindo as recomendações dos manuais e instituições de referência, elaboramos os projetos a serem aqui detalhados: 1) Recepção e Loja Cultural; 2) Biblioteca de livros e documentos raros; 3) Galeria de Exposições Temporárias, com a exposição intitulada “Biblioteca do CEMEMOR: uma viagem pela história da Medicina através dos livros”. 4) Expositor de Quadros da Administração do museu. Como pano de fundo, essa publicação pretende também apresentar como as normas e procedimentos recomendados para espaços museais, bibliotecas e arquivos documentais podem ser traduzidos, na prática, em projetos aplicados, levando em consideração as peculiaridades do contexto brasileiro e da instituição que os abriga. Introduz, ainda, propostas inovadoras de design de mobiliários específicos, à exemplo das estantes-cestas das coleções de obras raras que, integradas ao plano de emergência do museu, facilitam o resgate do acervo em caso de incêndio ou outras situações de perigo.

VEIGA, Ana Cecília Rocha. Projeto CEMEMOR: museu, arquivo documental e biblioteca da medicina. In: SEMINÁRIO IBERO-AMERICANO ARQUITETURA E DOCUMENTAÇÃO, 3., 2013, Belo Horizonte. Anais… Belo Horizonte: UFMG, 2013.

Clique aqui para baixar o artigo completo em pdf

Menu
Translate »